A capeia

Tradição secular, a capeia constitui um elemento de cohesão intergeracional dos naturais de Aldeia do Bispo.
Todos contribuem e participam na sua realização anual (2° Domingos de Agosto).
Os mordomos do Menino Jesus, estão presentes ao longo do ano : no natal, para a realização do madeiro, na Páscoa, para o “corte do forcão” e no mês Julho e Agosto para “fazer o forcão” e realizar a capeia.
Participam também nas festividades em Honra de Nossa Senhora dos Milagres, com o “passeio” de alvorada e bandear, respetivamente, antes e depois da missa cantada.

Forcão

Instrumento popular de lide.



Encerros

Um dos momentos mais altos do dia da capeia, é o encerro.
Milhares de pessoas juntam-se no percurso à espera da chegada dos touros.

Esperar o touro

E de rigor, que o forcão esteja no centro da praça para esperar o touro ao sair do curral.

Memórias

Desde sempre a capeia foi um dos momentos mais fotografados.

Apresentamos algumas fotos que revestem um caracter etnográfico.
Independentemente des evoluções, a “aficion” continua intacta de geração em geração.